Junior Rodrigues, Advogado

Junior Rodrigues

Recife (PE)
28seguidores100seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

A força do direito deve superar o direito da força. (Rui Barbosa)

Comentários

(3)
Junior Rodrigues, Advogado
Junior Rodrigues
Comentário · há 2 anos
Amigo Rafael Guimarães, não sei se você leu o artigo completo, mais se leu, viu que eu enfatizei que a audiência de custódia não define se o indivíduo vai responder o processo preso ou solto, isso quem define é o código de processo penal, a referida audiência, apenas é uma forma do preso em flagrante ser ouvido pelo magistrado antes de ele tomar a decisão, mas, os requisítos desta medida cautelar estão no cpp, este sim define a medida a ser tomada pelo juiz. Além do mais, o fato do agente responder o processo solto, não quer dizer que ele não vá responder pelos seus crimes, apenas estar sendo cumprindo o princípio constitucional dá não culpabilidade antes do trânsito em julgado da sentença condenatória. Como diz um brocardo do direito "é melhor um culpado solto do que um inocente preso". Não obstante, cabe aqui salientar, que o direito penal aceito hoje pelos ordenamentos jurídicos dos países democráticos, seguem a corrente de direito penal do fato, e não direito penal do autor, portanto, não cabe dizer que tal pessoa ou tal situação, é potencial latrocída ou seja lá como queira se definir.

Perfis que segue

(100)
Carregando

Seguidores

(28)
Carregando

Tópicos de interesse

(25)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Recife (PE)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Junior Rodrigues

(81) 99429788899888-85...Ver telefone

Entrar em contato